x Logo Dr. Visao

Dr. Visão

Guia To Go

20 h 06

Quinta-feira, 24 Abril 2014

GUIA DE COLUNAS

COLUNAS


Graus altos, armações com formatos especiais

Dr. Visão - Colunas - Graus altos, armações com formatos especiais
Altas dioptrias exigem um trabalho minucioso na escolha de armação. Refiro-me a miopia e hipermetropia. A primeira, se mais alta do que três graus, exige uma peça ovalada e material reforçado porque, nestes casos, a lente é fina no centro e espessa nas bordas.

Para que óculos não tenham aparência de um aparelho corretor, decidir-se pelo acetato é uma boa pedida, já que sendo mais volumoso e me formato oval, reduz a espessura das extremidades  das lentes.  Evidentemente, hoje há índices de lentes, que as tornam mais finas do que há dez anos. Por isso, ao juntar-se um modelo robusto de armação a esses novos índices, o resultado são óculos leves com menor volume. 

Armações de metal também podem ser usadas nesses casos, mas não nos esqueçamos que, nesta condição, quanto menores os aros, maior o conforto.
Nos casos de hipermetropia - mais de cinco graus - a preocupação é inversa: o centro da lente é espesso e as bordas finas. Sem dúvida, esta condição favorece a escolha da armação, que deve ser  arredondada ( e não oval) para melhor optomização das lentes. Modelos com estruturas finas de metal ou acetato, aceitam bem  lentes para hipermetropia. Mas aqui também é preciso cuidado na sugestão: não pode ser armação grande.

Ao contrário, sempre em formato arredondado, porque esse tipo de lente aumenta a imagem dos olhos e pálpebras, desequilibrando as dimensões da face.
Nos dois casos, o menor descuido, compromete a estética do rosto. Se, em casos de miopia, a região de olhos diminui com lentes para miopia, com lentes para hipermetropia aumenta.  Para que não ocorram desequilíbrios estéticos, é fundamental que prevaleça sempre o bom senso na escolha da armação. 

O consultor deve ler atentamente o receituário. Se a visão é simples ou indica lentes progressivas. E ao surgir qualquer dúvida, consultar o laboratório para que o cliente saia da ótica, enxergando corretamente e sentindo-se satisfeito com um modelo adequado ao seu defeito ocular.
Miguel Giannini
Miguel Giannini
Um dos mais reconhecidos estetas ópticos do Brasil. Atua há mais de quarenta anos na área óptica e desenvolve um trabalho com personalização de óculos, inclusive de muitas personalidades.

  • Seu nome

    Seu Comentário

    Seja o primeiro a comentar esta coluna, CLIQUE EM COMENTAR

Este Portal é um veículo de conteúdo, informação e divulgação sobre assuntos relacionados a oftalmologia (IMPRENSA), todo conteúdo veiculado é de responsabilidade de seus autores. NUNCA deixe de consultar o seu médico oftalmologista.
TEMAS
Portal DR. VISÃO - Todos os direitos reservados - ® 2000 - 2011