x Logo Dr. Visao

Dr. Visão

Guia To Go

14 h 02

Quinta-feira, 18 Julho 2019

GUIA DE ENTREVISTAS

ENTREVISTA


O futuro das lentes fácicas

Mesmo em geral sendo bem-sucedidas, as lentes fácicas podem promover alguns problemas. Quais seriam os mais freqüentes ?

As complicações mais freqüentes das lentes fácicas de câmera de suporte angular anterior é a distorção da pupila, ou seja, ovalização pupilar com atrofia de íris ("pupila de gato"), que advém da dificuldade de calcular o tamanho exato da lente. Nas lentes de suporte à íris, as complicações são poucas. mas as principais advém de técnicas cirúrgicas incorretas como, por exemplo, inflamação intra-ocular crônica e pequenos traumas espontâneos. Já as lentes fácicas de câmera posterior, o grande problema é a indução de catarata e as estatísticas variam de 1% a 20%.

Que critérios são mais adequados para a utilização dessas lentes fácicas ?

As lentes fácicas estão indicadas fora dos limites do laser. Esse é a primeira opção, mas esse começa a ter limites bem definidos dependendo da graduação e dependendo da ametropia. O critério idade, ainda pouco discutido, é muito importante, pois com pessoas com idade as lentes fácicas partir dos 50 anos não têm muito sentido. já que não há acomodação e é preferível fazer extração do cristalino claro. Portanto a lente fácica terá uma aplicação entre os 20 e 50 anos, mas existem casos particulares.

Decentrações com lentes fácicas também são intercorrências que acometer os pacientes. O que deve ser feito diante após essa constatação clínica ?

São mais freqüentes nas lentes fácicas de câmera anterior de suporte angular. Mais uma vez ocorrem devido ao tamanho, se descentram e essas tendem a cair e ocorrem porque as medidas são indiretas e nem sempre estamos corretos. Elas devem ser substituídas e certamente não é bom para o paciente.

Para minimizar os eventuais problemas, quais seriam as perspectivas para as futuras lentes fácicas ?

As novas gerações de lentes vão ter que mudar e ser de pequena incisão, dobráveis como são as de catarata. As lentes fácicas de câmera anterior parecem que são as melhores, pois estão longe da córnea e do cristalino, e devem ser dobráveis. O segundo aspecto é que precisamos ficar livre do problema do tamanho e outra linha de investigação vai no sentido de termos aparelhos que meçam exatamente onde vai estar a lente com refinamento dos dados pré-operatórios.

  • Seu nome

    Seu Comentário

    Seja o primeiro a comentar esta notícia, CLIQUE EM COMENTAR

Este Portal é um veículo de conteúdo, informação e divulgação sobre assuntos relacionados a oftalmologia (IMPRENSA), todo conteúdo veiculado é de responsabilidade de seus autores. NUNCA deixe de consultar o seu médico oftalmologista.
TEMAS
Portal DR. VISÃO - Todos os direitos reservados - ® 2000 - 2011