x Logo Dr. Visao

Dr. Visão

Guia To Go

23 h 21

Quarta-feira, 22 Novembro 2017

GUIA DE NOTÍCIAS

NOTÍCIA


10/05/2005

Cirurgia refrativa e diagnóstico de ceratocone ganham segurança

Oftalmologista brasileiro desenvolve estudo sobre córnea e é premiado nos EUA <br><br> Um estudo realizado pelo oftalmologista brasileiro Renato Ambrósio Jr, responsável pelo setor de Córnea e Cirurgia Refrativa do Hospital Oftalmológico da Barra (RJ), aponta uma nova perspectiva para avaliar a córnea sob seu ponto de vista estrutural, sendo uma evolução em relação aos métodos mais tradicionais de topografia corneana que estudam exclusivamente a face anterior da córnea. “A abordagem da tomografia corneana aumenta a segurança da cirurgia refrativa, já que identifica casos de prognóstico menos favorável, com maior risco de desenvolver ectasia. Tal abordagem também ajuda no diagnóstico e acompanhamento de ceratocone, uma desordem ocular não inflamatória, que afeta progressivamente a forma da córnea, provocando a percepção de imagens distorcidas”, explica Ambrósio Jr., que acaba de ter esse trabalho premiado no Congresso da Sociedade Americana de Catarata e Cirurgia Refrativa, em Washington, EUA. O ceratocone acomete, em média, uma em cada 2 mil pessoas e tem início entre 15 e 40 anos de idade. <br><br> Foram analisadas 100 córneas normais e 25 com ceratocone através do aparelho Orbscan II. “Percebemos que a progressão de aumento da espessura do centro mais fino em direção à periferia da córnea é diferente nos olhos normais e nos olhos com ceratocone. Esse estudo é a primeira etapa para a criação do índice que irá detectar o grau de evolução da doença”, explica o especialista. Neste momento, estão sendo testadas algumas funções matemáticas para a criação de novos índices de inteligência artificial que serão chamados Índices de Ambrósio. Eles têm o intuito de serem mais sensíveis e específicos para o diagnóstico, estadiamento e acompanhamento evolutivo de ceratocone. Os índices clássicos mais utilizados estudam exclusivamente a face anterior da córnea (topografia corneana). <br><br> De acordo com médico Renato Ambrósio Jr., doutor em Oftalmologia pela USP, essa abordagem somada a outros recursos, como a análise de frente de onda, pode ajudar no diagnostico e tratamento de ectasias, transplante de córnea e candidatos para cirurgias refrativas (miopia, astigmatismo e hipermetropia). O trabalho "Estudo da progressão da espessura corneana do ponto mais fino em direção ao limbo em olhos normais e olhos com ceratocone” foi considerado o melhor paper na sessão de Topografia, Paquimetria e Cirurgia Cerato-refrativa no Congresso da Sociedade Americana de Catarata e Cirurgia Refrativa, em Washington, EUA.
RM Comunicação

  • Seu nome

    Seu Comentário

    Seja o primeiro a comentar esta notícia, CLIQUE EM COMENTAR

Este Portal é um veículo de conteúdo, informação e divulgação sobre assuntos relacionados a oftalmologia (IMPRENSA), todo conteúdo veiculado é de responsabilidade de seus autores. NUNCA deixe de consultar o seu médico oftalmologista.
TEMAS
Portal DR. VISÃO - Todos os direitos reservados - ® 2000 - 2011