x Logo Dr. Visao

Dr. Visão

Guia To Go

16 h 45

Quarta-feira, 16 08 2017

GUIA DE NOTÍCIAS

NOTÍCIA


15/05/2007

catarata é a maior causa de cegueira em pais em desenvolviento


Dados do IAPB/OMS (International Agency for the Prevention of Blindness/Agência Internacional para a Prevenção de Cegueira), apontam que os países em desenvolvimento devem fazer cerca de 3 mil cirurgias por milhão de habitantes por ano para evitar a cegueira pela doença. O Brasil necessita de aproximadamente 650 mil cirurgias de combate à catarata e, no último ano, devem ter sido realizadas apenas 300 mil.


De acordo com o IAPB/OMS (International Agency for the Prevention of Blindness/Agência Internacional para a Prevenção de Cegueira), existe uma associação de números de cirurgias que devem ser feitas para que a catarata não seja uma causa importante de cegueira no mundo. Os países em desenvolvimento devem fazer cerca de 3 mil cirurgias por milhão de habitantes por ano. Enquanto isso, países como Estados Unidos e Japão realizam mais de 4.500 cirurgias por ano por milhão de habitantes.


Para trazer os dados à realidade brasileira, o *Dr. Carlos Arieta, médico oftalmologista e uma das autoridades para assuntos sobre catarata no País, afirma que só no Brasil são necessárias cerca de 650 mil cirurgias para controle da doença ao ano. “No período de 1999 até 2005, ocorreram aproximadamente 420 mil cirurgias/ano. A partir de 2006, o acesso às cirurgias foram limitadas pelo SUS, e estimamos que no ano passado tenham ocorrido apenas 200 mil cirurgias (além de outras 100 mil pelo sistema privado), fato que contribui para que o número de cegos por catarata aumente novamente nos próximos anos”, conclui o especialista. 


O envelhecimento da população brasileira tem gerado uma necessidade maior de oportunidades de cirurgia de catarata em pessoas acima de 50 anos. “A necessidade será quatro vezes maior ate 2020, ou seja, se medidas não forem tomadas no futuro próximo o número de pessoas necessitadas de cirurgia será enorme”, afirma Dr. Arieta.


Para evitar que a catarata seja a principal causa de cegueira no país é recomendada a cirurgia como solução eficaz para a doença e preservação da visão, uma vez que não possui tratamento clínico, e deve ser realizada a partir do momento em que há perda da qualidade de vida e limitação das atividades diárias. “A cirurgia no Brasil é bem desenvolvida e graças às inovações tecnológicas, atualmente, os resultados são mais eficazes aos pacientes”, diz o médico.


“Nos últimos anos, as lentes intra-oculares que substituem o cristalino opaco, a catarata, apresentaram grande evolução. O material foi modificado, bem como desenho, tamanho e utilidades. Além de corrigir o grau ou refração que o paciente tinha durante a maior parte da vida, também já existem lentes para correção da visão de perto e do astigmatismo”, conclui.

 
Lançamento

 
Empresas como a Alcon Brasil, líder no mercado de oftalmologia no Brasil, oferecem algumas soluções, entre elas o lançamento da lente intra-ocular AcrySof® Toric, melhor notícia do semestre para o setor oftalmológico. O produto oferece tecnologia exclusiva e avançada, que visa proporcionar mais conforto e uma melhoria na visão ao paciente pós-cirurgia de catarata. Disponível em três modelos, apresenta exatidão matemática durante o ato cirúrgico, além de ser uma solução inovadora para a cura do astigmatismo em portadores de catarata.


Criada a partir da plataforma natural Single-Piece, a nova lente apresenta design exclusivo que minimiza a rotação, ou seja, mantém a lente em seu devido lugar. Os detalhes técnicos da AcrySof® Toric são diferenciados, com características de filtragem que se aproximam das propriedades do filtro de luz de um cristalino natural humano. Merece destaque também a cor amarela da lente, que protege a retina dos raios UV e azul, que são tão prejudiciais aos olhos.


Alcon Brasil: evolução da tecnologia em prol da cura de catarata e benefícios aos pacientes 

Ano
 Produto/Fabricante
 Finalidade

 

2005
 AcrySof®  ReSTOR, da Alcon Brasil


 - Lente intra-ocular que permite uma cirurgia simples e rápida;


- permite visão simultânea para perto e para longe;


- reduz necessidade do uso de óculos em pacientes com catarata.

 

2007
 AcrySof® Toric, da Alcon Brasil


 - Lente intra-ocular que permite uma cirurgia rápida (8 a 20 minutos em média);


- permite correção precisa de astigmatismo em pacientes com catarata;


- proporcionando uma acuidade visual excepcional para longe sem necessidade de correção.

 


* Dr. Carlos E L Arieta é médico oftalmologista, e professor associado de oftalmologia da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), em São Paulo. Membro da Comissão de Prevenção de Cegueira do Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO), Dr. Arieta é também coordenador do Comitê de Catarata para o programa 2020 A.L. The right to sight da IAPB/OMS - Agência Internacional para Prevenção da Cegueria (da denominação em inglês de International Agency for Prevention of Blindness)/Organização Mundial da Saúde.


Sobre a Alcon Brasil - A Alcon é líder no mercado de oftalmologia no Brasil. Comercializa toda a linha de produtos oftálmicos, medicamentos, soluções para lentes de contato e equipamentos cirúrgicos modernos e avançados, dentro de conceitos científicos e padrões de qualidade que justificam sua grande reputação com a classe médica. Fundada em 1945, quando Robert D. Alexander e William C. Conner inauguraram uma pequena farmácia em Fort Worth, a empresa figura hoje entre os principais players do setor, sendo uma empresa farmacêutica multinacional com faturamento anual mundial de U$ 2,7 bilhões. Em seus mais de 60 anos de existência, a empresa continua comprometida com a missão de oferecer os melhores produtos oftalmológicos para profissionais e consumidores.


André R. Furtado

  • Seu nome

    Seu Comentário

    Seja o primeiro a comentar esta notícia, CLIQUE EM COMENTAR

Este Portal é um veículo de conteúdo, informação e divulgação sobre assuntos relacionados a oftalmologia (IMPRENSA), todo conteúdo veiculado é de responsabilidade de seus autores. NUNCA deixe de consultar o seu médico oftalmologista.
TEMAS
Portal DR. VISÃO - Todos os direitos reservados - ® 2000 - 2011