x Logo Dr. Visao

Dr. Visão

Guia To Go

21 h 15

Domingo, 28 Maio 2017

GUIA DE NOTÍCIAS

NOTÍCIA


10/07/2007

Teste do Olhinho evita cegueira infantil

Conselho Brasileiro de Oftalmologia alerta para importância do teste que deve ser feito antes de a criança sair da maternidade e pode prevenir a cegueira
infantil, entre outras doenças visuais na infância

O teste do reflexo vermelho, mais conhecido como teste do olhinho, já faz parte da rotina obrigatória do exame de recém-nascidos em vários estados brasileiros. Regulamentado em forma de lei em alguns lugares, esse exame detecta diversos problemas oculares e previne uma série de seqüelas. Catarata congênita, glaucoma congênito avançado, infecções intra-oculares, malformações, tumores entre outros problemas de saúde ocular são possíveis de diagnosticar nesse exame, que deve ser feito antes de a criança sair da maternidade. No Brasil, o teste já é obrigatório no Estado de São Paulo, Paraná e nas cidades do Rio de Janeiro e Porto Alegre. “Isso é um passo importante para a saúde pública e, sem dúvida, pode beneficiar significativamente a saúde ocular de muitas crianças”, diz Harley Bicas, presidente do Conselho Brasileiro de Oftalmologia.

Em 2007, o ano internacional contra a cegueira infantil, os números de crianças deficientes visuais ainda são elevados estimando que estejam, em todo o mundo, em torno de 1,5 milhão, metade dessas vivendo em países subdesenvolvidos ou em desenvolvimento e em grande parte dos casos em grande parte dos casos essas cegueiras poderiam ser evitadas. “Com esse teste, que é bem simples e rápido, poderíamos mudar esse quadro. No Brasil, o objetivo é que esse teste se torne lei nacional”, diz Rosane da Cruz Ferreira, presidente da Sociedade Brasileira de Oftalmopediatria.

Segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), cerca de 16,5 milhões de brasileiros sofrem de algum tipo de deficiência visual e cerca de 30% desse total é formado por crianças. Muitos casos podem ser prevenidos com a execução desse teste em recém-nascidos e esse quadro se tornaria bem distinto com a realização desse exame, que pode ser feito por oftalmologista, pediatra ou mesmo um profissional de saúde bem treinado.

Os médicos recomendam o teste do olhinho nos próprios berçários sempre antes da alta do bebê. Sem contra-indicações, o exame pode ser feito em todas as crianças recém-nascidas (inclusive prematuras) e identificar casos precoces de cegueira. “Fazendo o teste do olhinho evitamos sérios problemas de visão. O importante é fazer o diagnóstico de doenças oculares que podem, inclusive, levar à perda irreversível da visão", diz a médica, ressaltando ainda a importância de encaminhamento a serviços oftalmológicos após a identificação de problemas sérios.

Esse teste do olhinho pode ser facilmente feito com a emissão de luz sobre a pupila do recém-nascido por meio de um aparelho chamado oftalmoscópio. A luz atravessa a córnea, pupila, cristalino, corpo vítreo e reflete-se na retina sem causar qualquer dano. O reflexo normal tem uma cor avermelhada e contínua nos olhos saudáveis, descartando a presença de doenças oculares. Na ausência de reflexo ou em casos de assimetria, a criança deve ser encaminhada ao oftalmologista para fazer outros exames.

Informações para a imprensa

Tino – Projetos em Comunicação
Regiane Monteiro/Danilo Tovo
(11) 3040 3019/(11) 9618 2298/(11) 9786 7200
E-mail: tinocomunicacao@uol.com.br 


Tino – Projetos em Comunicação

  • Seu nome

    Seu Comentário

    Seja o primeiro a comentar esta notícia, CLIQUE EM COMENTAR

Este Portal é um veículo de conteúdo, informação e divulgação sobre assuntos relacionados a oftalmologia (IMPRENSA), todo conteúdo veiculado é de responsabilidade de seus autores. NUNCA deixe de consultar o seu médico oftalmologista.
TEMAS
Portal DR. VISÃO - Todos os direitos reservados - ® 2000 - 2011