x Logo Dr. Visao

Dr. Visão

Guia To Go

07 h 21

Sábado, 24 Junho 2017

GUIA DE NOTÍCIAS

NOTÍCIA


08/12/2004

Pesquisadores descrevem perfil de pacientes que fazem transplante de córnea

O transplante de córnea é o principal tipo de transplante realizado no mundo. Para se ter uma idéia, só nos Estados Unidos, são feitas cerca de 35 mil cirurgias por ano, muitas delas possíveis apenas devido ao progresso tecnológico dos últimos dez anos. No entanto, pouco se sabe a respeito do perfil dos pacientes indicados a este tipo de cirurgia. Esse foi o objetivo de um estudo realizado por pesquisadores da Universidade Federal de Sergipe. Participaram da pesquisa 110 pacientes submetidos ao transplante de córnea no Hospital Governador João Alves Filho, entre maio de 2000 e novembro de 2002. De acordo com artigo publicado na edição de julho/agosto de 2004 da revista Arquivos Brasileiros de Oftalmologia, foram coletados os seguintes dados: indicação, idade, sexo, acuidade visual antes da cirurgia e tempo decorrido desde a entrada na lista de espera até a realização do transplante.  Segundo os pesquisadores, a faixa etária média dos pacientes foi de 52,16 anos e 52,2% eram do sexo masculino. A doença mais encontrada entre as indicações foi a ceratopatia bolhosa, que acomete predominantemente pacientes idosos. "A ceratopatia correspondeu a 39,1% dos casos, e os pacientes tinham, em média, 68,54 A equipe constatou ainda que a visão de vultos foi a acuidade visual mais freqüente e que a média de tempo de espera dos 110 pacientes submetidos a transplante de córnea foi de 6,28 meses, sendo o mínimo de 1 dia e o máximo de 27 meses.  Isso mostra, de acordo com os pesquisadores que os pacientes aguardaram muito tempo até a conduta cirúrgica. Segundo eles, o tempo em lista de espera é longo e inadequado. "Necessita-se de um grande incremento na quantidade de transplantes a serem realizados, já que, além da acuidade visual reduzida, a doenças oculares geram desconforto e dor", afirmam no artigo. Além disso, eles alertam para a necessidade de os profissionais terem maior atenção durante a indicação do transplante e o preenchimento dos prontuários. "A avaliação bem detalhada da córnea associada à melhoria da técnica individual de cada cirurgião, material cirúrgico e um bom acompanhamento clínico pós-operatório poderão diminuir o número de pacientes conduzidos ao banco de olhos", concluem.
Agência Notisa

  • Seu nome

    Seu Comentário

    Seja o primeiro a comentar esta notícia, CLIQUE EM COMENTAR

Este Portal é um veículo de conteúdo, informação e divulgação sobre assuntos relacionados a oftalmologia (IMPRENSA), todo conteúdo veiculado é de responsabilidade de seus autores. NUNCA deixe de consultar o seu médico oftalmologista.
TEMAS
Portal DR. VISÃO - Todos os direitos reservados - ® 2000 - 2011