x Logo Dr. Visao

Dr. Visão

Guia To Go

08 h 43

Domingo, 22 Outubro 2017

GUIA DE NOTÍCIAS

NOTÍCIA


18/12/2009

Saiba como cuidar dos seus olhos nesse verão

Especialista da Unifesp orienta sobre como aproveitar a estação sem comprometer a saúde ocular

 

Verão combina com praia, piscina e diversão, mas é fundamental colocar na bagagem alguns cuidados básicos com os olhos para evitar os males que podem jogar água fria nos seus planos para a estação. Estar atento ao correto uso das lentes de contato na praia e na piscina ou proteger os olhos contra os raios ultra-violeta são apenas algumas delas.

Confira abaixo as dicas do médico oftalmologista César Lipener, Chefe do setor de lentes de contato do Departamento de Oftalmologia UNIFESP/EPM, para você curtir o verão e manter os olhos bonitos e saudáveis!

Há alguma recomendação especial em relação ao uso de lentes de contato em ambientes como praia e piscina? 

“Não é aconselhável usar as lentes em piscinas, praia e saunas devido ao alto risco de contaminação”, afirma o médico. Segundo ele, substâncias como o cloro da piscina ou microorganismos nada bem-vindos presentes na água do mar podem se alojar nas lentes causando desconforto ou aumentando o risco de doenças. “Existe um protozoário em especial que é muito comum na água da piscina, do chuveiro e da sauna, que é a Acanthamoeba. A contaminação por esse microorganismo tem alta relação com o uso de lentes de contato. É rara, mas quando ocorre é difícil de tratar e traz um risco grande de deixar seqüelas”, afirma.

Se não houver como evitar, lembre-se de que é importantíssimo fazer uma boa limpeza. “Ao chegar, tire as lentes e faça a higienização, deixando-as de molho na solução desinfetante” recomenda o médico. 

Há alguma orientação especial para a prática de esportes com as lentes de contato?

O uso de lentes de contato na prática de esportes traz mais benefícios que problemas, segundo o médico. “Eu recomendaria apenas o uso de colírios lubrificantes em atividades como o ciclismo, a corrida e outras que demandam muito tempo ao ar livre” diz.

Há alguma contra-indicação sobre o uso de óculos de sol?

Muito pelo contrário. “O uso de óculos de sol é altamente recomendável, desde que tenham proteção contra os raios ultra-violeta”, afirma Dr. César.  A radiação ultra-violeta, que é prejudicial à pele, também provoca danos à visão. “Há muitos indícios de que uma série de doenças, especialmente a catarata e doenças da retina, sejam agravadas por essa radiação”, afirma

Há alguma recomendação especial para os idosos?

A recomendação não muda em relação aos cuidados sugeridos a um adulto comum. “A atenção a mais é para aqueles que já são portadores de alguma doença ocular, como catarata e glaucoma. Ao entrar em férias ou em viagens, é preciso manter o uso do medicamento e não relaxar quanto a isso”, lembra o médico.

E quanto aos olhos das crianças?

Com as crianças, tudo é mais preventivo, de acordo com o médico. “É natural que elas se exponham mais ao sol, piscina e mar. Caso apresentem alguma irritação por conta desses fatores, podem ser feitas compressas geladas e a aplicação de colírios lubrificantes que imitem a lágrima”, afirma. No entanto, se o problema persistir, a recomendação é buscar auxílio médico.

Existe alguma doença ocular típica do verão? Qual a proteção recomendada?

“As conjuntivites são as mais comuns”, afirma o médico. “Elas ocorrem em ciclos e são mais comuns nesta estação do ano devido às grandes aglomerações”, diz. Apesar disso, como não é possível evitar o contágio, a orientação é manter a higiene e fazer compressas geladas caso seja pego por ela. Auto-medicação, jamais!

“Em resumo, durante o verão, seja cauteloso ao se expor ao sol, mar ou piscina para prevenir que irritações oculares venham a aparecer”, finaliza o Dr. César Lipener.


In Press Porter Novelli

  • Seu nome

    Seu Comentário

    Seja o primeiro a comentar esta notícia, CLIQUE EM COMENTAR

Este Portal é um veículo de conteúdo, informação e divulgação sobre assuntos relacionados a oftalmologia (IMPRENSA), todo conteúdo veiculado é de responsabilidade de seus autores. NUNCA deixe de consultar o seu médico oftalmologista.
TEMAS
Portal DR. VISÃO - Todos os direitos reservados - ® 2000 - 2011