x Logo Dr. Visao

Dr. Visão

Guia To Go

23 h 14

Domingo, 22 Outubro 2017

GUIA DE NOTÍCIAS

NOTÍCIA


26/03/2010

Sobre Síndrome de Visão de Computador

Hoje, as pessoas parecem não se preocupar com o futuro, e apenas trabalham fazendo as coisas da maneira mais fácil e rápida possível...

O Brasil registrou 66,3 milhões de brasileiros com acesso à web em 2009, considerando conexão em casa, no trabalho e em locais públicos, informou o Ibope Nilsen Online. O número de internautas ativos no Brasil (ou seja, que navegou comprovadamente no período) atingiu 36,6 milhões em dezembro, tanto em casa como no trabalho. Os brasileiros se mantém na liderança em horas mensais navegadas, em relação aos outros países pesquisados pela Nielsen. Em dezembro de 2009, o Brasil registrou uma média de 44 horas navegadas, superando Estados Unidos (40 horas mensais), Austrália (39 horas) e França (38 horas).

Seja para trabalhar, seja nos momentos de lazer, os brasileiros também já passam mais tempo na internet que em frente à televisão, revela o estudo O futuro da mídia. O tempo médio de navegação (32,5 horas semanais) já é três vezes superior ao de audiência de TV (9,8 horas). Outras informações da mesma pesquisa também são muito reveladoras: 81% dos entrevistados disseram considerar o computador como a ferramenta de entretenimento mais importante. Questionados sobre suas atividades preferidas, 53% deram como resposta o uso da internet, que só perde para assistir a filmes (55%). Em  terceiro lugar está justamente ver TV (46%), seguido de ouvir música (36%) e ir ao cinema (30%).  TV e internet aparecem quase sempre como atividades relacionadas. Dois terços dos que assistem TV executam outra tarefa, enquanto estão no sofá, como navegar na internet, ver e-mails e acessar sites.

Desconforto visual

Com tanto tempo diante da tela do computador, o mais provável é que os sintomas da Síndrome de Visão de Computador (CVS) - olhos irritados, vermelhos, coceira, olhos secos ou lacrimejamento, fadiga, sensibilidade a luz, sensação de peso nas pálpebras ou da fronte, dificuldade em conseguir foco, enxaquecas, dores lombares e espasmos musculares - apareçam como resultado de condições externas relacionadas à tela do computador ( falta de iluminação, má localização da iluminação, posição imprópria do monitor e tela suja) - e a problemas oculares pré-existentes: miopia, hipermetropia, presbiopia. Os hábitos inadequados de uso do computador, por horas sem descanso, também integram esta lista.

"A Ergoftalmologia, campo da Oftalmologia do Trabalho, age preventivamente, visando prevenir acidentes oculares. No campo da Ergonomia, seus esforços buscam adaptar o ambiente de trabalho à visão humana, proporcionando conforto visual ao usuário do computador",  explica o oftalmologista Virgilio Centurion, diretor do IMO, Instituto de Moléstias Oculares.

Segundo o médico, todos os esforços que visam prevenir o aparecimento da CVS são válidos, pois qualquer pessoa que passe aproximadamente duas horas por dia em frente ao computador apresenta o risco de desenvolver a Síndrome.

Para prevenir a CVS

As condições do ambiente de trabalho, umidade relativa do ar, ventilação, temperatura e iluminação podem afetar diretamente a qualidade de vida dos trabalhadores. No ambiente doméstico, o mesmo pode acontecer. "Algumas providências podem ser tomadas relativas aos cuidados com os olhos e com a postura corporal, durante o uso de computadores, leituras prolongadas ou tarefas repetitivas, nos diferentes ambientes, sejam de trabalho ou domésticos", recomenda o oftalmologista Eduardo de Lucca, que também integra o corpo clínico do IMO. Conheça algumas destas medidas preventivas:

·O uso do ar condicionado determina a diminuição da umidade relativa do ar. O ar fica seco, ocorre o aumento da evaporação da lágrima. O indivíduo exposto ao ambiente refrigerado pode ter esse fenômeno agravado, pois apresenta também diminuição do número de piscadas. Podem ocorrer secura dos olhos, da garganta e das narinas, ardência nos olhos, lacrimejamento, visão dupla ou borrada e sensação de areia nos olhos. Além do ar condicionado, outras condições também podem determinar o aumento da evaporação da lágrima e o ressecamento dos olhos, como correntes de ar e ventiladores mal  posicionados e direcionados para os olhos. "O ambiente de trabalho deve ser planejado antecipadamente. Quando isso não é possível e o ambiente não apresenta as condições ideais para o uso do computador, os erros devem ser detectados e corrigidos. Para evitar o ressecamento dos olhos, recomenda-se o aumento do número de piscadas. Piscar com freqüência estimula a produção de lágrimas e a lubrificação dos olhos. O uso de lubrificantes oculares, sempre sob supervisão médica, três ou quatro vezes ao dia, mantém a lágrima estável, aumentando o conforto durante o dia", informa Eduardo de Lucca;

·Deve-se ficar atento à localização das janelas em relação à iluminação natural, que pode prejudicar a visão do usuário do computador, se não estiver sob um planejamento iluminotécnico correto. Luz natural ou artificial direcionada, que atinge a tela do computador por trás do usuário, determina deslumbramento e dificulta a visualização. Luz que incide em direção lateral ao usuário interfere no campo visual do trabalhador, o que pode determinar desconforto, cansaço e dor no final da jornada de trabalho e, até mesmo, olho vermelho. "A iluminação do ambiente de trabalho deve ser homogênea e controlada, ou seja, o local deve estar iluminado por igual, não havendo variação da iluminação, que incida na tela do computador, na mesa e nos utensílios de trabalho, interferindo no campo visual do trabalhador", explica o médico;

·Durante a utilização do computador, a cabeça deve seguir o alinhamento da coluna vertebral, que deverá estar reta e encostada na cadeira. "O material utilizado como apoio deve estar em local de fácil visualização, ao lado do monitor ou próximo a ele, evitando, assim, movimentos bruscos com os olhos", diz Eduardo de Lucca;

·O olhar do usuário do computador deve estar ligeiramente voltado para baixo, entre 15° a 25°. Assim a pálpebra protegerá boa parte da superfície ocular, diminuindo  sua exposição e  melhorando a lubrificação dos olhos. "A má postura ocular pode causar lacrimejamento, fotofobia, coceira nos olhos, cansaço visual, dor ocular, sensação de areia, olhos vermelhos, olheiras, bolsas embaixo dos olhos, dores de cabeça e irritabilidade", enumera o médico;

·Não se deve comer durante o trabalho com o computador. Migalhas podem cair no teclado e contaminá-lo. Existem bactérias que são comuns ao teclado e ao mouse do computador que podem contaminar mãos e, posteriormente, olhos e boca, causando as mais variadas infecções. "Se o computador for compartilhado com mais pessoas, a limpeza deverá ser ainda mais constante. O indivíduo é propagador e disseminador de vírus e de bactérias, mesmo sem saber. Antes de iniciar seu dia de trabalho, passe uma flanela ligeiramente umedecida em água ou em produto próprio para a limpeza de computadores, em todo o teclado, no mouse e na tela. Antes de se dirigir ao computador, as mãos devem ser lavadas, estar limpas, sem resíduos de gorduras ou alimentos", ensina Eduardo de Lucca;

·"Após horas de trabalho, o piscar reflexo diminui, sem que a pessoa perceba. Durante o trabalho, coloque um lembrete, como, por exemplo, ´piscar´ em algum cantinho do monitor. Assim você estará se policiando e piscando mais vezes, evitando o ´olho seco´", recomenda o oftalmologista. Em atividades normais, os olhos piscam, em média, 22 vezes por minuto, enquanto que, quando estão em atividade de leitura, piscam de 12 a 15 vezes por minuto. Quando se está diante da tela do computador, essa freqüência pode abaixar até para cinco vezes por minuto;

·Os usuários de lentes de contato devem lubrificar mais vezes os olhos, quando em frente ao computador, em leitura continuada ou em trabalhos repetitivos, para evitar problemas de ressecamento ocular. "Manter as lentes de contato limpas e higienizadas deve ser uma rotina. Dessa forma, quando bem indicadas e usadas de acordo com as orientações médicas, seus olhos serão preservados de possíveis complicações, e você usufruirá, em segurança, as vantagens óticas das lentes", explica Eduardo de Lucca;

·Os usuários de lentes bifocais deverão posicionar seu monitor um pouco mais para baixo, facilitando a utilização adequada das lentes para a leitura, evitando, assim, a movimentação do pescoço e da cabeça para trás, a fim de melhorar a focalização delas;

·Sobe o uso de laptops: para não acarretar problemas visuais e posturais, o computador portátil deve ser utilizado da mesma maneira que os computadores fixos de mesa. Nada de computador no colo, na cama ou na mesa de cabeceira;

·Uma pausa obrigatória. "Recomenda-se que, a cada 50 ou 60 minutos, o usuário de computador dê uma parada por cinco minutos. Este tempo deve ser empregado para esticar as pernas, fazer ligeiros alongamentos dos braços, do pescoço e do tronco. Dirija seu olhar para um local distante, através de uma janela, por exemplo. Assim a musculatura ocular também poderá trabalhar, evitando a fadiga dos olhos", informa ao oftalmologista do IMO;

·Sentar de forma relaxada em frente ao computador também causa problemas de visão e posturais. "A postura correta para o trabalho deve ser: costas eretas; planta dos pés apoiada no chão; tronco em ângulo de 90° com as pernas; cabeça no alinhamento do tronco; olhar ligeiramente voltado para baixo, aproximadamente 25°", ensina Eduardo de Lucca.

CONTATO:

www.imo.com.br

imo@imo.com.brEste endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

http://twitter.com/clinicaimo


SEGS

  • Seu nome

    Seu Comentário

    Seja o primeiro a comentar esta notícia, CLIQUE EM COMENTAR

Este Portal é um veículo de conteúdo, informação e divulgação sobre assuntos relacionados a oftalmologia (IMPRENSA), todo conteúdo veiculado é de responsabilidade de seus autores. NUNCA deixe de consultar o seu médico oftalmologista.
TEMAS
Portal DR. VISÃO - Todos os direitos reservados - ® 2000 - 2011