x Logo Dr. Visao

Dr. Visão

Guia To Go

02 h 23

Segunda-feira, 11 Dezembro 2017

GUIA DE NOTÍCIAS

NOTÍCIA


06/04/2010

Cerpo adquire tecnologia que proporciona corte menor e recuperação mais rápida na cirurgia de catarata

Implante de lente no lugar do cristalino - procedimento necessário para tratamento da doença - é feito com incisão de apenas 1.8 milímetros; paciente pode voltar as atividades normais no dia seguinte
 
Uma nova tecnologia adquirida recentemente pela Cerpo Oftalmologia torna a cirurgia de catarata menos agressiva, proporciona recuperação mais rápida do paciente e reduz riscos do pós-operatório. Chamado de sistema Stellaris, o novo método permite que a incisão na córnea para a implantação de uma lente no lugar do cristalino por meio de facoemulsificação - procedimento necessário para tratamento da doença - seja feita com corte de apenas 1,8 milímetros.
 
Só para efeito de comparação: na maioria das cirurgias feitas no Brasil, a incisão é de 2,8 milímetros. As lentes usadas no novo método são dobráveis e podem ser inseridas no olho através desta pequena incisão.

"Com a nova técnica, o paciente pode voltar as suas atividades normais no dia seguinte. No método tradicional isto só acontece depois de uma semana", diz Eduardo Barbosa, sócio-diretor da Cerpo Oftalmologia.

A catarata é caracterizada pela perda da transparência e da capacidade de foco do cristalino, lente natural responsável pela formação da imagem na retina. Não existem medicamentos, colírios, exercícios ou óculos que curem esta doença. O tratamento é feito com a remoção cirúrgica do cristalino e a colocação de uma lente artificial em seu lugar.
 
Este tipo de intervenção cirúrgica vem sendo feito há muitos anos, mas a incisão na córnea para o implante da lente era muito grande. "Nos anos 70, por exemplo, era usada a técnica extracapsular e o corte chegava a medir 7 milímetros, sendo necessário dar pontos. Além do risco de infecção maior, o tempo de espera para a realização da cirurgia no segundo olho chegava a quatro meses", lembra Barbosa.
 
Agora com a nova tecnologia de microincisão, o segundo olho já pode ser operado em apenas dois dias.  "Outra vantagem é que o astigmatismo gerado pelo corte da córnea é insignificante. Além disso, é uma cirurgia muito rápida, dura menos de dez minutos, e é feita com anestesia local e sedação", afirma Rachel Gomes Nery, oftalmologista da Cerpo.
 
A doença acomete cerca de 80% das pessoas acima de 60 anos. Sua causa principal é o envelhecimento, mas também poder se conseqüência de traumas oculares, condições congênitas, uso de medicamentos, entre outros fatores. Os principais sintomas são visão embaçada, turva ou enevoada; redução severa da visão diante de uma cena luminosa ou com fundo luminoso; sensibilidade à luz e sensação constante de iluminação insuficiente; deformação da luz emitida pelo faróis dos carros ao dirigir à noite; e  troca freqüente de lentes corretivas.

A catarata é a maior causa de cegueira evitável e curável do mundo. Pessoas com idade entre 65 e 74 anos respondem por 47,1% dos casos, segundo o Conselho Brasileiro de Oftalmologia.


Porta-Voz Comunicação Estratégica

  • Seu nome

    Seu Comentário

    Seja o primeiro a comentar esta notícia, CLIQUE EM COMENTAR

Este Portal é um veículo de conteúdo, informação e divulgação sobre assuntos relacionados a oftalmologia (IMPRENSA), todo conteúdo veiculado é de responsabilidade de seus autores. NUNCA deixe de consultar o seu médico oftalmologista.
TEMAS
Portal DR. VISÃO - Todos os direitos reservados - ® 2000 - 2011