x Logo Dr. Visao

Dr. Visão

Guia To Go

12 h 43

Quarta-feira, 23 08 2017

GUIA DE NOTÍCIAS

NOTÍCIA


22/04/2010

Dificuldade em aceitar óculos de grau como acessório de estilo prejudica saúde visual da mulher, revela pesquisa

Pesquisa Ibope/Lentes Transitions em cinco regiões metropolitanas revela que 66% das usuárias não consideram seus óculos como acessórios de moda. Para especialistas, ao mesmo tempo, vantagens da proteção são cada vez mais percebidas pelas mulheres

Mulheres usuárias de óculos de grau ainda têm dificuldades em encarar seus modelos como acessórios de moda e estilo. E afirmam que preferem, muitas vezes, não usar o modelo mesmo sabendo que podem prejudicar sua visão. O resultado está na pesquisa Ibope/Lentes Transitions divulgada nesta quinta-feira em São Paulo. “A dificuldade em combinar é grande para as mulheres. Mas quando percebem que podem ter modelos diferentes e específicos para seu rosto e para cada ocasião elas passam até a colecioná-los”, afirma o esteta óptico Miguel Giannini, responsável pelas escolhas de personalidades como da ex-ministra Dilma Rousseff, da ex-prefeita Marta Suplicy e da apresentadora Ana Maria Braga.

A pesquisa ouviu 284 mulheres usuárias de óculos, em cinco regiões metropolitanas brasileiras, de 18 a 64 anos. Para 66% das entrevistadas, os óculos de grau não são um acessório de moda e estilo. Outras 32% afirmaram que já deixaram de usar seus óculos, mesmo sabendo que prejudicariam a sua visão. “Elas não estão informadas sobre como usar os óculos a seu favor”, lembra Giannini. “Mas isso também está mudando”, completa.

Para o oftalmologista Leôncio Queiroz Neto, do Instituto Penido Burnier, em Campinas, essa dificuldade pode explicar também os motivos pelos quais, muitas vezes, as mulheres têm mais problemas de visão.  “Sabemos dessa dificuldade entre as mulheres e como isso afeta sua saúde ocular, mas a boa notícia é que elas estão mudando esta percepção e já encaram as lentes com proteção UV, por exemplo, como uma forma de se proteger até mesmo das rugas ao redor dos olhos”, explica o oftalmologista Leôncio Queiroz Neto, do Instituto Penido Burnier, em Campinas.

Para 83% das entrevistadas, as lentes com proteção UV protegem os olhos, mas também têm papel especial na prevenção ao envelhecimento precoce da pele ao redor dos olhos. “Elas já percebem os benefícios extras do uso de óculos, algo que no passado era mais complicado”, explica Queiroz Neto.  “As mulheres sempre tiveram mais dificuldades em admitir o uso dos óculos, mesmo sofrendo mais com os erros de refração”, completa.

Segundo dados do Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO), 50% da população em geral têm vício de refração, mas com predominância de cerca de 20% maior em mulheres, seja para miopia, hipermetropia ou astigmatismo. “Esse dado demonstra a importância de a mulher manter uma boa saúde ocular e sempre buscar a consulta regular no oftalmologista”, explica Queiroz Neto.


Lentes Transitions

 
As lentes Transitions são claras em ambientes internos e ajustam sua tonalidade de acordo com a intensidade da iluminação natural. Em ambientes internos ou durante a noite são tão claras quanto as lentes convencionais. Além disso, as lentes Transitions bloqueiam 100% os raios UV e são compatíveis com todos os modelos de óculos e armações.

Tino - Projetos em Comunicação

  • Seu nome

    Seu Comentário

    Seja o primeiro a comentar esta notícia, CLIQUE EM COMENTAR

Este Portal é um veículo de conteúdo, informação e divulgação sobre assuntos relacionados a oftalmologia (IMPRENSA), todo conteúdo veiculado é de responsabilidade de seus autores. NUNCA deixe de consultar o seu médico oftalmologista.
TEMAS
Portal DR. VISÃO - Todos os direitos reservados - ® 2000 - 2011