x Logo Dr. Visao

Dr. Visão

Guia To Go

02 h 19

Segunda-feira, 11 Dezembro 2017

GUIA DE NOTÍCIAS

NOTÍCIA


31/08/2010

Estrabismo limita a visão em 3D

O estrabismo, doença que no Brasil atinge de 2 a 5% das crianças, limita a visão em 3D, recurso que vem ganhando espaço no cinema, sobretudo na produção de filmes infantis. “O estrábico não consegue enxergar a mesma imagem com os dois olhos ao mesmo tempo e esta deficiência o impede de ver em 3D”, explica Mônica Cronemberger, oftalmologista e chefe do setor de Mobilidade Ocular do Departamento de Oftalmologia da UNIFESP.

De acordo com a especialista, em uma pessoa sem problema de visão, imagens idênticas formam-se na retina de ambos os olhos e são transmitidas ao cérebro pelo nervo óptico, resultando em uma única imagem. “É o que chamamos de visão binocular, os dois olhos enxergam a mesma imagem ao mesmo tempo”, explica Cronemberger. “É ela que permite a visão perfeita em profundidade ou em três dimensões”, acrescenta.

O estrabismo (quando um olho fica alinhado e o outro apresenta desvio) é mais freqüente entre as crianças em fase pré-escolar. Contudo, pode se manifestar também em adultos portadores de diabetes, hipertensão, doenças neurológicas, doenças da tiróide, tumores cerebrais e outras causas que devem sempre ser bem investigadas.

Os desvios oculares se manifestam principalmente na infância. Por esta razão, alerta Cronemberger, os pais precisam ficar atentos aos primeiros sinais. “Muitas vezes a criança não aparenta ter os olhos desalinhados, mas pode ter um pequeno estrabismo ou um estrabismo intermitente”, ressalta. Os principais sinais da doença são "embaralhamento" e/ou "embaçamento" visual, raramente visão dupla, inclinação da cabeça para ver, fechar um olho na claridade e piscar constantemente. “À manifestação de qualquer destes sinais recomenda-se uma avaliação oftalmológica, pois o tratamento deve ser iniciado o mais rápido possível”, assegura.

Os principais tratamentos do estrabismo incluem o uso de óculos, oclusão (tampão) e cirurgia. A oclusão não apenas cura o estrabismo, informa a oftalmologista da UNIFESP, mas ajuda a igualar a capacidade de visão dos dois olhos das crianças. “O uso do tampão pelas crianças estrábicas é muito importante. A sua função é ocluir o olho que está enxergando melhor e forçar o ‘olho preguiçoso’”, explica.
Apucarana Notícias

  • Seu nome

    Seu Comentário

    Seja o primeiro a comentar esta notícia, CLIQUE EM COMENTAR

Este Portal é um veículo de conteúdo, informação e divulgação sobre assuntos relacionados a oftalmologia (IMPRENSA), todo conteúdo veiculado é de responsabilidade de seus autores. NUNCA deixe de consultar o seu médico oftalmologista.
TEMAS
Portal DR. VISÃO - Todos os direitos reservados - ® 2000 - 2011