x Logo Dr. Visao

Dr. Visão

Guia To Go

11 h 52

Terça-feira, 12 Dezembro 2017

GUIA DE NOTÍCIAS

NOTÍCIA


10/02/2011

Atenção aos olhos na volta às aulas

Problemas visuais podem afetar rendimento escolar e a saúde dos estudantes

Atenção total com a saúde visual e o comportamento das crianças na volta às aulas. Esse é o alerta do vice-presidente da Sociedade Brasileira de Oftalmologia e consultor do Instituto Varilux da Visão, Dr. Marcus Sáfady. Ele lembra o fato de 80% dos estímulos recebidos pela criança, se dá através dos olhos e problemas oftalmológicos não tratados podem comprometer diretamente o rendimento escolar infantil. “É necessário fazer uma consulta ao oftalmologista desde pequeno e pelo menos uma vez por ano realizar os exames de rotina antes do início das aulas”, alerta.
Ele destaca que cerca de 20% das crianças em idade escolar precisam usar óculos, entretanto 80% nunca fizeram exames. E embora 95% dos pais reconheçam que é importante que seus filhos façam um exame oftalmológico anual, menos da metade realmente coloca isso em prática.
De acordo com o médico, o exame oftalmológico avalia o olho de forma geral, passando não somente por deficiências como astigmatismo, hipermetropia e miopia, mas também em relação a problemas da musculatura do olho que pode causar pequenos desvios. Por isso, é importantíssimo crianças irem com regularidade ao oftalmologista para que possam ser detectados e evitados problemas que venham prejudicar o desenvolvimento escolar. “O primeiro exame oftalmológico deve ser feito o quanto antes, para que se possa detectar precocemente algum problema”, indica Sáfady.
Segundo o oftalmologista, como a visão se desenvolve progressivamente até os 4 anos, é primordial, durante esse período, que os pais redobrem a atenção para alguns sintomas como dificuldade de concentração, compreensão e atenção, queixas de visão dupla e embaçada, se apontam para as palavras enquanto lêem, se evitam tarefas de perto, se esfregam os olhos etc.  
Atenção aos sintomas. Uma criança míope, vai normalmente ter o habito de aproximar os objetos e se aproximar da televisão. Uma criança hipermetrope terá dificuldades de leitura e, provavelmente terá queixas de cansaço ocular e dor de cabeça ao fim do dia.
Por isso, é importante observar a criança no seu dia a dia. Em alguns casos, onde o problema não é diagnosticado precocemente, pode surgir a ambliopia, que é o desenvolvimento insuficiente de um dos olhos. Nesta situação, o olho de melhor visão se desenvolve, enquanto que o outro olho não consegue o mesmo.
O tratamento é feito através da oclusão do olho de melhor visão, através de um tampão, para que o olho mais “preguiçoso” seja forçado a se desenvolver e melhorar a sua acuidade visual. “Uma vez diagnosticado o problema, o uso dos óculos permitirá um bom desenvolvimento da visão da criança”, diz Sáfady.
Jornal do Dia

  • Seu nome

    Seu Comentário

    Seja o primeiro a comentar esta notícia, CLIQUE EM COMENTAR

Este Portal é um veículo de conteúdo, informação e divulgação sobre assuntos relacionados a oftalmologia (IMPRENSA), todo conteúdo veiculado é de responsabilidade de seus autores. NUNCA deixe de consultar o seu médico oftalmologista.
TEMAS
Portal DR. VISÃO - Todos os direitos reservados - ® 2000 - 2011