x Logo Dr. Visao

Dr. Visão

Guia To Go

00 h 31

Sábado, 29 Abril 2017

GUIA DE NOTÍCIAS

NOTÍCIA


10/03/2011

Uso de lentes de contato coloridas requer cuidados especiais. Confira!

Cada vez mais arrojadas e sendo uma ótima opção para se festejar o carnaval com muito charme, as lentes de contato coloridas são uma alternativa para quem quer mudar a cor dos olhos apenas no período carnavalesco. As lentes coloridas, desde azuis e verdes à desenhadas, são fáceis de usar e tornam o look divertido. Segundo pesquisas, o crescimento de vendas nesse setor deve aumentar 50%.

O público-alvo desse tipo de produto é grande e diverso: atrai os usuários de lentes de contato transparentes, que já estão adaptados; os que usam apenas óculos de receituário, que podem querer experimentar um novo tipo de correção visual; os clientes de óculos solares ou pessoas que passam apenas na frente da vitrine e sentem vontade de mudar a cor dos olhos. As lentes coloridas podem ser encontradas em centros especializados para adaptação das mesmas.

Porém, algumas recomendações devem ser observadas antes da compra, e principalmente durante o uso. Lentes de contato devem sempre ser utilizadas sob prescrição médica, mesmo para as coloridas. Consultórios e clínicas registram um aumento de casos de problemas de saúde ocular ligados ao uso indevido destas lentes. É comum, em período de festas prolongadas como o Carnaval, em que as pessoas chegam cansadas e acabam esquecendo de retirar as lentes de contato antes de dormir.

Segundo a oftalmologista Carolina Maia, essa prática pode ser lesiva aos olhos, isso justifica o aumento de pessoas que buscam os consultórios de oftalmologia depois do Carnaval. “É necessário que antes de comprar uma lente colorida, a pessoa procure um oftalmologista. As lentes coloridas exigem os mesmos cuidados que uma lente comum. As principais recomendações são manusear as lentes com as mãos bem limpas, lavá-las com produtos específicos e trocar no período correto. O seu uso inadequado pode provocar, desde uma infecção, até problemas tão graves como uma úlcera”, enfatiza a especialista.

A prescrição médica e o acompanhamento do oftalmologista constituem-se nos eleme ntos primordiais deste processo. A oftalmologista ainda alerta as pessoas que irão passar o carnaval na praia. “O vento, o suor, a oleosidade da pele, a maresia e outros fatores ambientais e orgânicos, podem levar à contaminação da lente e afetar a córnea. Portanto, é indicado que a pessoa tire a lente ao entrar na água, seja no mar, piscinas ou rios. As lentes não devem ser compartilhadas com outras pessoas, é de uso individual. E, em caso de lentes coloridas, elas também devem ser prescritas pelo médico. Lentes devem ser, de preferência, cinzas, verdes ou marrons e filtrar mais de 75% da luz visível”, finaliza Carolina Maia.
Portal RG

  • Seu nome

    Seu Comentário

    Seja o primeiro a comentar esta notícia, CLIQUE EM COMENTAR

Este Portal é um veículo de conteúdo, informação e divulgação sobre assuntos relacionados a oftalmologia (IMPRENSA), todo conteúdo veiculado é de responsabilidade de seus autores. NUNCA deixe de consultar o seu médico oftalmologista.
TEMAS
Portal DR. VISÃO - Todos os direitos reservados - ® 2000 - 2011