x Logo Dr. Visao

Dr. Visão

Guia To Go

22 h 39

Sábado, 18 Novembro 2017

GUIA DE NOTÍCIAS

NOTÍCIA


28/03/2011

Lentes de contato com recomendação médica evita lesões

Adquirir o produto sem receita pode levar a erros graves de manuseio

O uso incorreto das lentes de contato pode causar infecções e lesões oculares que levam a cegueira. Isso geralmente acontece por falta de higiene e de orientação médica. Como no Brasil é possível comprar lentes diretamente em óticas e farmácias, ou mesmo pela internet, sem qualquer receituário, as chances de isso acontecer se tornam maiores.

Diante disso, o Conselho Federal de Medicina lançou neste mês uma resolução na qual recomenda que toda a compra de lentes de contato seja feita somente com recomendação de um oftalmologista. O objetivo da resolução é 'preservar a saúde ocular da população', nas palavras do conselheiro do CFM Luis Fernando Vinagre, relator da resolução.

De acordo com Vinagre, o conselho não tem poder de proibir o comércio sem receita, mas acredita que a resolução possa ser um fator de conscientização de que o uso das lentes parte de um 'ato médico'.

"A intenção da resolução é preservar a saúde ocular da população por causa dessa venda indiscriminada e recomendar as pessoas que, antes de usar uma lente, procure um oftalmologista para usá-la de forma adequada para seu olho".

A resolução foi criada por meio de uma câmara técnica que, juntamente com as sociedades de oftalmologia, discutiu e analisou, por um ano, o aumento de casos de lesões causadas pelo mau uso das lentes.

Lavar com água é perigoso

Tania Schaefer, presidente da Soblec (Sociedade Brasileira de Lentes de Contato, Córnea e Refratometria), órgão que participou da criação da resolução, afirma que casos vem aumentando em todas as regiões do país justamente pela falta de cuidados. E alerta ainda para a complexidade das lesões que podem ocorrer por causa disso.

Lavar as lentes com água corrente, por exemplo, pode expor o material à contaminação pela bactéria acantameba que, em contato com os olhos, causa um comprometimento severo e doloroso à córnea, podendo levar à cegueira.

"Esse tratamento é muito longo e sofrido e requer transplante de córnea".

A infecção da córnea por bactérias ou fungos pode ainda causar a ulceração da córnea que, em última instância, causa a perfuração do olho, alerta a oftalmologista Flavia Lana, de São Paulo.

"Se entra uma bactéria na córnea, o olho fica branco, por causa da secreção e pode causar uma cicatriz que pode até furar o olho e causar cegueira. Nos casos mais sérios, não tem cura e precisa de transplante".

A pessoa que dorme com a lente pode ainda sofrer de hipoxia corneana (perda de oxigenação da córnea), cujos sintomas são olho vermelho e conjuntivite, explica.

Como prevenir

Mas todos esses problemas são causados geralmente pela falta de orientação, segundo a presidente do Soblec.

"Muita gente não sabe que a lente deve ser limpa diariamente antes e depois do uso, somente com soluções de limpeza indicadas pelo oftalmologista e que nunca se deve retirar ou colocar a lente no estojo sem lavar".

A oftalmologista orienta ainda a troca do estojo a cada três meses e das lentes sempre respeitando a vida útil de acordo da embalagem.

"Não é para parar de usar só quando está incomodando, porque isso significa que já passou do tempo. A lente não foi feita para incomodar. Quando isso acontece, procure o médico".
Guia-me

  • Seu nome

    Seu Comentário

    Seja o primeiro a comentar esta notícia, CLIQUE EM COMENTAR

Este Portal é um veículo de conteúdo, informação e divulgação sobre assuntos relacionados a oftalmologia (IMPRENSA), todo conteúdo veiculado é de responsabilidade de seus autores. NUNCA deixe de consultar o seu médico oftalmologista.
TEMAS
Portal DR. VISÃO - Todos os direitos reservados - ® 2000 - 2011