x Logo Dr. Visao

Dr. Visão

Guia To Go

13 h 11

Domingo, 20 Abril 2014

GUIA DE NOTÍCIAS

NOTÍCIA


12/04/2011

Tecnologia de ponta para cirurgias oculares

Os novos recursos permitem uma cirurgia mais segura e em menor tempo cirúrgico

Investimento em pesquisa e desenvolvimento, inovação, tecnologia de ponta, aprimoramento constante da qualidade dos produtos, relacionamento próximo aos clientes para entender o que querem e atender cada vez mais as suas necessidades. É nesse caminho que segue a indústria nacional ligada à oftalmologia. Apesar de algumas dificuldades, esse mercado tem crescido e evoluído.

 Exemplo de quem está nesse caminho é aparelho "Constellation" Vision System. A mais nova ferramenta para realização de cirurgia de vitrectomia via pars plana, aplicada em pacientes com descolamento de retina. Disponível nos Estados Unidos desde outubro de 2008, na Europa desde janeiro de 2009, o equipamento foi homologado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) em 2010 e recentemente chegou no Piauí, através do Hospital de Olhos Francisco Vilar. Fabricado pela Alcon Laboratórios, o Constellation é também empregado em procedimentos cirúrgicos para o tratamento de outras doenças da retina, como a doença da mácula e retinopatia diabética, além da cirurgia de catarata.

 O equipamento de ponta oferece o que há de mais avançado em tecnologia para cirurgias de vitreo e retina, retinopatia diabética, hemorragias, deslocamento de retina e também para retirada de corpo estranho intraocular. Entre os benefícios oferecidos aos pacientes estão uma maior segurança, devido ao corte cirúrgico ser menor, execução de procedimentos menos traumáticos, maior controle fluídico e ausência de suturas.

 O equipamento é capaz de realizar cinco mil cortes por minuto, o dobro da potência do seu antecessor, o Accurus, lançado dez anos atrás. Outra vantagem é a sonda de menor calibre, com o poder de reduzir pela metade o tamanho médio da incisão ocular, de 1 mm para até 0,5 mm. O Constellation representa um grande avanço na cirurgia ocular. Os novos recursos permitem uma cirurgia mais segura e em menor tempo cirúrgico. A incisão menor reduz a necessidade de sutura nos olhos da paciente, um conforto e uma segurança maior.

 Segundo o oftalmologista Vitor Cortizo, a cirurgia de retina faz parte dos grandes desafios da oftalmologia. E com a moderna tecnologia hoje disponível se consegue melhores resultados, com segurança e eficácia. “O sistema Constellation permite ao cirurgião melhor visualização e abordagem dos tecidos intraoculares, mantendo controle adequado da pressão ocular durante todo o procedimento”, acrescentou o oftalmologista.
Tribuna do Sol

Os novos recursos permitem uma cirurgia mais segura e em menor tempo cirúrgico

Investimento em pesquisa e desenvolvimento, inovação, tecnologia de ponta, aprimoramento constante da qualidade dos produtos, relacionamento próximo aos clientes para entender o que querem e atender cada vez mais as suas necessidades. É nesse caminho que segue a indústria nacional ligada à oftalmologia. Apesar de algumas dificuldades, esse mercado tem crescido e evoluído.

 Exemplo de quem está nesse caminho é aparelho "Constellation" Vision System. A mais nova ferramenta para realização de cirurgia de vitrectomia via pars plana, aplicada em pacientes com descolamento de retina. Disponível nos Estados Unidos desde outubro de 2008, na Europa desde janeiro de 2009, o equipamento foi homologado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) em 2010 e recentemente chegou no Piauí, através do Hospital de Olhos Francisco Vilar. Fabricado pela Alcon Laboratórios, o Constellation é também empregado em procedimentos cirúrgicos para o tratamento de outras doenças da retina, como a doença da mácula e retinopatia diabética, além da cirurgia de catarata.

 O equipamento de ponta oferece o que há de mais avançado em tecnologia para cirurgias de vitreo e retina, retinopatia diabética, hemorragias, deslocamento de retina e também para retirada de corpo estranho intraocular. Entre os benefícios oferecidos aos pacientes estão uma maior segurança, devido ao corte cirúrgico ser menor, execução de procedimentos menos traumáticos, maior controle fluídico e ausência de suturas.

 O equipamento é capaz de realizar cinco mil cortes por minuto, o dobro da potência do seu antecessor, o Accurus, lançado dez anos atrás. Outra vantagem é a sonda de menor calibre, com o poder de reduzir pela metade o tamanho médio da incisão ocular, de 1 mm para até 0,5 mm. O Constellation representa um grande avanço na cirurgia ocular. Os novos recursos permitem uma cirurgia mais segura e em menor tempo cirúrgico. A incisão menor reduz a necessidade de sutura nos olhos da paciente, um conforto e uma segurança maior.

 Segundo o oftalmologista Vitor Cortizo, a cirurgia de retina faz parte dos grandes desafios da oftalmologia. E com a moderna tecnologia hoje disponível se consegue melhores resultados, com segurança e eficácia. “O sistema Constellation permite ao cirurgião melhor visualização e abordagem dos tecidos intraoculares, mantendo controle adequado da pressão ocular durante todo o procedimento”, acrescentou o oftalmologista. ">

Este Portal é um veículo de conteúdo, informação e divulgação sobre assuntos relacionados a oftalmologia (IMPRENSA), todo conteúdo veiculado é de responsabilidade de seus autores. NUNCA deixe de consultar o seu médico oftalmologista.
TEMAS
Portal DR. VISÃO - Todos os direitos reservados - ® 2000 - 2011