x Logo Dr. Visao

Dr. Visão

Guia To Go

14 h 10

Sábado, 24 Junho 2017

GUIA DE NOTÍCIAS

NOTÍCIA


26/05/2011

26 de maio: Dia Nacional de Combate ao Glaucoma

O glaucoma é uma doença ocular que provoca lesões no nervo ótico, e é causada, principalmente, pela elevação da pressão intraocular. Silenciosa, pode levar à cegueira se não tratada. Segundo especialistas, essa doença é responsável pelo maior número de casos de perda de visão no mundo, e, geralmente, é descoberta tarde demais. O Conselho de Oftalmologia Brasileiro (COB) estima que o problema afete 985 mil pessoas no Brasil, e 600 mil delas não sabem que estão doentes.

A doença pode ser desencadeada por uma série de fatores, tais como o sedentarismo, falta de exercícios regulares, idade avançada, histórico familiar e, principalmente, pressão intraocular elevada. O glaucoma crônico costuma atingir pessoas acima de 35 anos de idade, e, se não for tratado, pode levar à perda da visão gradativa e até mesmo à cegueira.

Estudo realizado por Paul T. Williams, do Laboratório de Berkeley, nos Estados Unidos, mostra que o sedentarismo e a falta de exercícios físicos regulares também podem ser fatores de risco para o surgimento do glaucoma. No inicio de maio desse ano, foi publicado na revista Nature Genetics um estudo realizado pela Universidade de Flinders, na Austrália, que identificou dois novos genes que podem auxiliar no tratamento da doença.

O estudo australiano concluiu que 18% da população do país possui variações de risco nestes dois genes, o que significa que essas pessoas têm três vezes mais chances de desenvolver glaucoma severo. O resultado da pesquisa pode ajudar a identificar pacientes com maior risco de ficarem cegos.

O glaucoma, geralmente, não apresenta sintomas, o que dificulta a detecção da doença. Para prevenir, o COB recomenda a consulta regular de um oftalmologista, em especial para pessoas maiores de 40 anos e com histórico da doença na família. Uma vez diagnosticado o glaucoma, a pressão interna do olho poderá ser controlada com o uso de colírios específicos. Como é uma doença crônica, esse tipo de tratamento dura toda a vida.
Uol

  • Seu nome

    Seu Comentário

    Seja o primeiro a comentar esta notícia, CLIQUE EM COMENTAR

Este Portal é um veículo de conteúdo, informação e divulgação sobre assuntos relacionados a oftalmologia (IMPRENSA), todo conteúdo veiculado é de responsabilidade de seus autores. NUNCA deixe de consultar o seu médico oftalmologista.
TEMAS
Portal DR. VISÃO - Todos os direitos reservados - ® 2000 - 2011