x Logo Dr. Visao

Dr. Visão

Guia To Go

07 h 26

Domingo, 26 Outubro 2014

GUIA DE NOTÍCIAS

NOTÍCIA


29/11/2011

ICB realiza primeira cirurgia com lentes ICL no país

Produto é uma alternativa cirúrgica para pacientes que apresentam ceratocone, altos graus de miopia e olho seco e diminui riscos de sequelas após a operação.

A última tecnologia em correção de astigmatismo, miopia e ceratocone acaba de chegar ao ICB Oftalmologia. O instituto foi o primeiro no País autorizado a realizar o procedimento com as lentes ICL V4. O produto reversivel é um dos mais modernos do mundo no segmento e garante eficácia, devido a biocompatibilidade com os tecidos do olho humano.

Um dos procedimento mais utilizados na Europa e nos Estados unidos, a cirurgia é uma das únicas alternativas para tratar o astigmatismo miópico composto em pacientes com ceratocone - doença que causa mudanças na estrutura da córnea - estável. Segundo o médico e diretor do ICB  Oftalmologia, Leonardo Akaishi, o resultado positivo das lentes devem-se à composição de colágeno semelhante aos olhos humanos e ao formato anatômico, que permite que o material seja dobrado para passar por um micro orifício durante a cirurgia.  

"Pacientes com ceratocone possuem a córnea muito fina e não podem fazer cirurgias a laser, nem passar por um procedimento muito invasivo. O ICL é hoje a única lente utilizada para tratar a patologia, até mesmo por ser um produto reversível", esclarece Akaishi.

A lente ICL é fabricada pelo labóratório sueco Staar, o único que produz lentes a partir do collamer (colágeno). O novo modelo do produto, o ICL V4, já alcançou a margem de 250 mil lentes implantadas no mundo. É uma média de sete novos implantes realizados por minuto.

O produto não tem prazo de validade, mas é reversível caso haja necessidade de readaptação. "Não há como garantir que um paciente que operou de ceratocone ou astigmatismo não irá desenvolver outro tipo de patologia nos olhos ao longo do tempo. Além disso, essas lentes também são funcionais para quem sofre de olhos secos, córneas finas ou pupilas grandes, pois é implantado atrás da íris", revela o especialista.

De acordo com o médico, a versão ICL V4 também diminui para 1,3% as chances dos olhos desenvolverem catarata. "Antes as lentes encostavam na íris e com isso a possibilidade de desenvolver a doença era consideravelmente maior. Esse novo modelo, é mais curvado, evitando que as partes tenham contato", conta.

O ICL é indicado para pacientes entre 21 e 45 anos, que tenham até 18 graus de miopia, 11 graus de hipermetropia, seis graus de astigmatismo, ceratocone estável ou olhos secos. O procedimento dura em média 10 minutos por olho, em regime ambulatorial, e é realizado apenas com colírio anestésico, o que permite que o paciente volte para casa no mesmo dia.

"A lente é revestida por um produto chamado fibronectina, que permanece nos olhos por 24 horas após a cirurgia, auxiliando na adaptação do produto", revela Leonardo Akaishi, complementando que além deste fator, as lentes também são feitas sobmedida para cada paciente, o que influencia muito na aceitação.


Sobre o ICB Oftalmologia

O ICB Oftalmologia foi inaugurado no final de janeiro de 2011, tendo à frente o renomado médico oftalmologista, Leonardo Akaishi, um dos maiores especialistas do País e presidente da Sociedade Brasileira de Catarata e Implantes Intraoculares (SBCII). Localizada no Edifício Pacini, na 915 Sul, a clínica possui uma estrutura completa, com 15 consultórios, sala de exames, aparelhos de última geração e médicos especializados no tratamento de glaucoma, doenças da córnea, transplantes, retina e cirurgias de catarata.
RP1 Comunicação Brasília

  • Seu nome

    Seu Comentário

    Seja o primeiro a comentar esta notícia, CLIQUE EM COMENTAR

Este Portal é um veículo de conteúdo, informação e divulgação sobre assuntos relacionados a oftalmologia (IMPRENSA), todo conteúdo veiculado é de responsabilidade de seus autores. NUNCA deixe de consultar o seu médico oftalmologista.
TEMAS
Portal DR. VISÃO - Todos os direitos reservados - ® 2000 - 2011