x Logo Dr. Visao

Dr. Visão

Guia To Go

11 h 35

Domingo, 30 Abril 2017

GUIA DE NOTÍCIAS

NOTÍCIA


24/05/2012

Mutirão combate glaucoma em Belém

Campanha Pará contra o Glaucoma, promovida pela Sociedade Paraense de Oftalmologia, espera atender cerca de mil pessoas. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o Glaucoma é a principal causa de cegueira irreversível no mundo.
 
No Brasil, são mais de um milhão de diagnosticados e estima-se que outros 900 mil pacientes estão sem diagnóstico.  Por conta dessa estatística assustadora que a Sociedade Paraense de Oftalmologia (SPO) - realizará, no dia 26 de maio, a campanha Pará contra o Glaucoma.

A ação, que comemora o Dia Mundial de Combate ao Glaucoma, acontecerá no Hospital Universitário do Pará Betina Ferro, localizado em Belém, das 8h às 14h. A SPO espera atender cerca de mil pessoas. Podem participar paraenses que possuam 40 anos ou mais.

Médicos voluntários realizarão exames gratuitos de tonometria, que verifica a pressão ocular, e mapeamento de retina, para verificar se existe alguma alteração no nervo ótico, responsável pela transmissão do estímulo luminoso ao cérebro.
 
As pessoas diagnosticadas com risco de glaucoma, independente do estágio de evolução da doença, serão encaminhadas para tratamento gratuito (via SUS). Os participantes também receberão material sobre a doença.

A iniciativa conta com o patrocínio da Alcon Brasil, empresa líder no mercado oftalmológico presente no país há mais de 40 anos, das Lentes Rodenstock e as Óticas Pará e Belém.


Serviço - Campanha Pará Contra o Glaucoma

Quando: 26 de maio de 2012

Horário: das 8h às 14h (todos os indivíduos que receberem senha serão atendidos)

Local: Hospital Universitário do Pará Betina Ferro - Avenida Perimetral s/n - Bairro: Guamá

Mais informações: (91) 3222-8414 ou (91) 3201-8576 e (91) 3201-8571 (com Roseliz)

 
Sobre o Glaucoma
 
Frequentemente chamado de "Inimigo Oculto", o glaucoma é uma doença que provoca danos ao nervo óptico, responsável por enviar sinais visuais ao cérebro. Ainda não se sabe ao certo o que causa este dano, mais já foi provado que a elevação da pressão intra-ocular é um dos principais fatores de risco associados ao desenvolvimento da doença. "A doença não tem cura, mas o diagnóstico precoce pode evitar a perda da visão", ressalta o presidente da Sociedade Paraense de Oftalmologia, Dr. Lauro Barata.
 
São considerados fatores de risco para o glaucoma:
 
*Pressão ocular elevada
*Pessoas acima de 40 anos
*Casos de glaucoma na família
*Diabetes
*Miopia
*Uso prolongado e continuo de esteroides/cortisona
*Histórico de lesão nos olhos
 
O Glaucoma não tem cura, mas tratamentos clínicos a base de colírios podem, em muitos casos, evitar a progressão da perda da visão. Um dos grandes avanços foi a introdução dos colírios de prostaglandinas ao arsenal terapêutico contra o Glaucoma.
 
Algumas pesquisas indicam que cerca de 70% dos pacientes abandonam o tratamento nos primeiros seis meses. Isso acontece porque a doença é assintomática e as pessoas não percebem melhora ou mesmo acreditam que estão curadas. "Colírios de aplicação de apenas uma vez ao dia ajudam a diminuir as chances de esquecimento por parte do paciente e a facilitar sua adesão.
 
Casos mais graves podem exigir tratamento com mais de um colírio, outros tipos de procedimentos como o uso de implantes ou cirurgias a laser, ou ainda outras intervenções, sempre a critério do médico que acompanha o paciente", explica o médico.
 
A boa noticia é que o Glaucoma pode ser detectado em seus estágios iniciais, antes de haver uma perda da visão. De qualquer forma, o melhor tratamento é a prevenção. Quanto antes for diagnosticado o glaucoma, maiores são as chances de evitar a perda da visão.

In Press

  • Seu nome

    Seu Comentário

    Seja o primeiro a comentar esta notícia, CLIQUE EM COMENTAR

Este Portal é um veículo de conteúdo, informação e divulgação sobre assuntos relacionados a oftalmologia (IMPRENSA), todo conteúdo veiculado é de responsabilidade de seus autores. NUNCA deixe de consultar o seu médico oftalmologista.
TEMAS
Portal DR. VISÃO - Todos os direitos reservados - ® 2000 - 2011