x Logo Dr. Visao

Dr. Visão

Guia To Go

11 h 52

Terça-feira, 23 Maio 2017

GUIA DE NOTÍCIAS

NOTÍCIA


21/03/2014

Distribuição irregular de oftalmologistas compromete atendimento no Brasil

Doze estados brasileiros possuem relação entre oftalmologista e habitante maior do que o recomendado pela Organização Mundial da Saúde

Um levantamento realizado pelo CBO - Conselho Brasileiro de Oftalmologia – revela diferenças regionais na distribuição de oftalmologistas. De acordo com a entidade, o Brasil possui 15.719 oftalmologistas para uma população de 190,7 milhões. Isso significa dizer, que temos 1 especialista para cada 12.134 habitantes. Essa relação está dentro do considerado ideal pela OMS – Organização Mundial da Saúde - que é de 1 para 17 mil.

Porém, existe uma desigualdade entre as regiões. No Sudeste temos 1 oftalmologista para cada 7.952 habitantes; no Sul 1 para 10.385; no Centro-Oeste 1 para 9.895; no Nordeste 1 para 16.402 e no Norte 1 para 28.433. Se considerarmos os Estados, teremos uma variação ainda maior, 1 para 55.724 no Amapá e 1 para 4.279 no Distrito Federal.

Ainda é possível afirmar que os oftalmologistas estão distribuídos em 1.211 municípios, ou seja, 21,8% dos 5.565 municípios do país; 51% dos oftalmologistas estão concentrados em 16 municípios; 53% estão nas capitais; quinze Estados apresentam relações oftalmologista/habitantes menores que 1/17.000 e as regiões Sudeste e Sul mantêm uma relação de um especialista para até 11 mil habitantes.

Para Milton Ruiz Alves, presidente do CBO, “a questão da distribuição dos oftalmologistas no Brasil ainda necessita ser resolvida, uma vez que há poucos lugares com o número ideal de especialistas (um oftalmologista para um número entre 17 e 18 mil). Na esmagadora maioria de municípios, ou falta oftalmologista ou sobra. A interiorização dos especialistas está acontecendo, mas ainda há discrepâncias tanto para mais quanto para menos”, explica.

Já Bento Alcoforado, diretor presidente da Abióptica - Associação Brasileira da Indústria Óptica -, “há de haver um esforço conjunto entre governos e entidades ligadas à saúde ocular para que seja desestimulada a concentração de médicos nos grandes centros. “Trata-se de um problema que não acontece apenas com a questão visual, mas com a saúde brasileira de uma amneira geral, e aAbióptica tem buscado saídas para esse problema mantendo contatos diretos e constantes com todas as vertentes que envolvem a óptica brasileira. É possível, no médio prazo, caminhar para uma melhora sensível nesse quadro.”

Sobre a Abióptica – A Associação Brasileira da Indústria Óptica é a mais importante instituição do segmento óptico brasileiro, com 100 associados que representam 95% das empresas do setor, entre as quais indústrias, importadores, exportadores, distribuidores e varejo. A entidade visa à promoção de negócios no segmento e à regulamentação do setor óptico nacional.

Portal Nacional

  • Seu nome

    Seu Comentário

    Seja o primeiro a comentar esta notícia, CLIQUE EM COMENTAR

Este Portal é um veículo de conteúdo, informação e divulgação sobre assuntos relacionados a oftalmologia (IMPRENSA), todo conteúdo veiculado é de responsabilidade de seus autores. NUNCA deixe de consultar o seu médico oftalmologista.
TEMAS
Portal DR. VISÃO - Todos os direitos reservados - ® 2000 - 2011