x Logo Dr. Visao

Dr. Visão

Guia To Go

22 h 17

Quarta-feira, 26 Abril 2017

GUIA DE NOTÍCIAS

NOTÍCIA


07/04/2014

Ação social realiza 700 consultas oftalmológicas de graça no Recife

Publicação: 07/04/2014 08:14 Atualização: 07/04/2014 14:07

Exames gratuitos serão realizados até sexta-feira. Foto: João Carlos Lacerda/ Divulgação/ FAV
Exames gratuitos serão realizados até sexta-feira. Foto: João Carlos Lacerda/ Divulgação/ FAV

O XXI Congresso de Prevenção da Cegueira e Reabilitação Visual e II Congresso de Oftalmologia de países de Língua Portuguesa, encerrados neste domingo no Recife, iniciam nesta segunda-feira uma ação social integrada. Com apoio do Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO), o projeto Visão do meu Olhar vai beneficiar 700 pacientes com deficiência visual de Recife, cadastrados no Instituto de Cegos Antônio Pessoa de Queiroz (IAPQ), Associação Pernambucana dos Cegos (APEC) e Associação Beneficente de Cegos do Recife (ASSOBECER).

Até a próxima sexta-feira, os pacientes terão acesso gratuito a atendimento oftalmológico e terapêutico multidisciplinar especializado. As consultas estão sendo realizadas no Centro Especializado em Reabilitação Menina dos Olhos, da Fundação Altino Ventura, das 7h30 às 17h. Serão atendidos, apenas, pacientes previamente inscritos e com diagnóstico prévio de deficiência visual, o que significa pacientes com visão subnormal e cegueira. A inscrição pode ser feita pelo telefone 3302-4300, ramal 4733.

 

O objetivo é aumentar a consciência pública sobre a importância da promoção da atenção à saúde ocular e de agravos à visão de pacientes com deficiência visual.  A iniciativa faz parte do Projeto Viver sem Limites, do Ministério da Saúde, em  parceria com as Secretarias de Saúde e Educação do Estado de Pernambuco, Secretaria de Saúde e Educação de Recife, além de outros parceiros do governo e da sociedade, além da ativa participação de oftalmologistas, terapeutas e voluntários.

Estima-se que no mundo existam cerca de 161 milhões de pessoas com deficiência visual, das quais 37 milhões são cegas. Estudos populacionais tem demonstrado que a prevalência e causas das deficiências visuais variam de acordo com a raça/etnia e status socioeconômico. O Brasil é um país de dimensões continentais, apresentando variações regionais. Em levantamento epidemiológico realizado pela Secretaria Estadual de Saúde do estado de Pernambuco nos meses de fevereiro e março de 2009, constatou-se que das 17.391 pessoas entrevistadas em 4.400 domicílios deste Estado, 10,1% (1.753) tinham algum tipo de deficiência. Destas, 32% apresentavam deficiência visual. Na Região Metropolitana do Recife, a prevalência de algum tipo de problema mostrou-se mais elevada, chegando a 34,7%. Destas, 31,9% apresentava deficiência visual.


Diário de Pernambuco

  • Seu nome

    Seu Comentário

    Seja o primeiro a comentar esta notícia, CLIQUE EM COMENTAR

Este Portal é um veículo de conteúdo, informação e divulgação sobre assuntos relacionados a oftalmologia (IMPRENSA), todo conteúdo veiculado é de responsabilidade de seus autores. NUNCA deixe de consultar o seu médico oftalmologista.
TEMAS
Portal DR. VISÃO - Todos os direitos reservados - ® 2000 - 2011