x Logo Dr. Visao

Dr. Visão

Guia To Go

21 h 00

Terça-feira, 23 Outubro 2018

GUIA DE NOTÍCIAS

NOTÍCIA


13/01/2016

Nas férias, cuidado com as lentes de contato

Depois das férias e feriados prolongados aumentam casos de infecções oculares provocados pelas lentes de contato. De acordo com o oftalmologista Renato Neves, diretor-presidente do Eye Care Hospital de Olhos, em São Paulo, o principal problema relacionado ao mau uso ou à falta de higiene apropriada das lentes de contato é a ceratite microbiana. “Trata-se de uma infecção grave que pode ser evitada. Mesmo assim, tem ocorrido com muita frequência. Em casos extremos, o paciente pode inclusive perder a visão”. 
 
O especialista diz que os pacientes com menos de 25 anos são os que mais sofrem as consequências do mau uso das lentes de contato, principalmente quando o problema é o uso prolongado ou mesmo alguns descuidos com a limpeza – o que se transforma numa porta de entrada para as bactérias. “Durante as férias, as pessoas costumam relaxar e acabam se descuidando de alguns detalhes importantes.  Dormir frequentemente de lentes é um hábito nocivo que deve ser evitado. Outro descuido que não deveria acontecer é lavar as lentes com água corrente, tanto da torneira quanto do chuveiro. Isso acaba expondo as lentes a microrganismos que se desenvolvem em ambientes quentes e úmidos, provocando infecção na superfície dos olhos”. 
 
Outros descuidos perigosos incluem deixar a solução de limpeza sob o sol, ou ainda demorar a trocar o soro que acomoda as lentes no estojo. “Se a pessoa já sabe que vai descansar e tentar se ‘desligar’ de tudo o que é obrigação, é melhor optar pelo uso dos óculos de grau nas férias do que correr o risco de contrair uma infecção”, diz Neves. 
 
O médico comenta, ainda, que alguns pacientes desenvolvem úlceras ao permanecer com as lentes durante passeios na praia – já que grãos de areia podem se interpor entre a lente e a córnea, provocando ferimentos na superfície do olho. Também o banho de mar ou de piscina representam riscos para aqueles que se esquecem de tirar as lentes. Por isso, durante as férias é bom dar um tempo sem usar as lentes de contato.  
 
Renato Neves dá quatro dicas para quem usa lente e quer evitar aborrecimento nas férias:
 
  1. Jamais durma com lentes de contato. “Por mais cansada que a pessoa esteja depois de uma festa, é preciso garantir um mínimo de asseio antes de ir para a cama. Durante o sono, o nível de lubrificação dos olhos diminui bastante e as lentes podem ressecar junto com o globo ocular, desencadeando uma série de problemas”.
 
  1. Antes de entrar no mar ou na piscina, retire as lentes. “Excesso de cloro, sujeira e piscinas lotadas oferecem grande risco de contaminação. Da mesma forma, o ambiente de praia – com excesso de vento, maresia, oleosidade e suor – não oferece a mínima segurança para os olhos”.
 
  1. Respeite as instruções do fabricante“Todo fabricante de lentes de contato recomenda os produtos ideais para a limpeza do material e indica a frequência com que elas devem ser tratadas. Sendo assim, é importante ler com atenção essas recomendações e seguir uma rotina que garanta uma visão saudável”.
 
  1. Preste atenção às condições das lentes. “Verifique sempre se não há resíduos sólidos ou sinais de irregularidades nas lentes. Mesmo sujeiras quase imperceptíveis podem resultar no desenvolvimento de fungos, levando à inutilização do produto e podendo desencadear infecções”
 
Fonte: Prof. Dr. Renato Augusto Neves, cirurgião-oftalmologista com mais de 60 mil cirurgias realizadas, diretor-presidente do Eye Care Hospital de Olhos (SP) e autor do livro “Seus Olhos”. (www.eyecare.com.br)
 

PressPágina

  • Seu nome

    Seu Comentário

    Seja o primeiro a comentar esta notícia, CLIQUE EM COMENTAR

Este Portal é um veículo de conteúdo, informação e divulgação sobre assuntos relacionados a oftalmologia (IMPRENSA), todo conteúdo veiculado é de responsabilidade de seus autores. NUNCA deixe de consultar o seu médico oftalmologista.
TEMAS
Portal DR. VISÃO - Todos os direitos reservados - ® 2000 - 2011