x Logo Dr. Visao

Dr. Visão

Guia To Go

00 h 06

Sábado, 18 Novembro 2017

GUIA DE NOTÍCIAS

NOTÍCIA


17/02/2002

Óculos sem filtro podem prejudicar visão

Usar óculos escuros que não tenham proteção contra os raios ultravioleta é pior do que não usar nada para proteger os olhos sob o sol. Os óculos sem o filtro só facilitam a ação dos raios solares. No escuro. as pupilas dilatam. facilitando a entrada de radiação. "Os óculos. quando só escurecem e não protegem. colocam o olho em maior risco". afirma o oftalmologista Paulo Augusto de Arrufa Mello. professor do Departamento de Oftalmologia da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo). Enquanto o uso de filtros para a pele se tornou regra no verão. os olhos ainda sofrem os efeitos nocivos do sol atrás de óculos escuros de má qualidade. Já se sabe que o abuso do sol pode ser uma das causas de pelo menos três doenças oculares -a catarata. as maculopatias e tumores nas pálpebras e na retina-. todas elas causadoras de cegueira. Pessoas com intensa exposição ao sol sem proteção têm 60% mais chance de ter catarata. Para alguns especialistas. o sol também está "envolvido" nas possíveis causas da presbiopia. a vista cansada. que afeta todas as pessoas geralmente a partir dos 40 anos de idade. Segundo o professor titular de oftalmologia da USP e da Unicamp. Nilton Kara José. estudos apontam que os moradores de países próximos da linha do Equador. onde há maiores níveis de radiação solar. desenvolvem mais esses problemas. "A regra é sempre usar os óculos com proteção". afirma. O olho é muito semelhante a uma máquina de fotografia. A córnea e o cristalino fazem parte do "conjunto de lentes". Já a retina pode ser comparada ao filme. onde a imagem vai ser registrada. Enquanto a catarata e a presbiopia afetam uma das lentes. o cristalino. as maculopatias atingem a mácula. área da retina que percebe os detalhes. O Brasil tem anualmente 480 mil casos novos de catarata. Outros dois problemas têm relação direta com a intensa exposição ao sol sem proteção e podem prejudicar a visão: a fotoceratite e o pterígio. O primeiro é uma inflamação da córnea ligada ao ressecamento causado pelo sol -a lente precisa estar sempre lubrificada. O segundo. um espessamento da conjuntiva (membrana transparente na frente do olho) em forma de asa. "É uma forma de defesa contra o ressecamento". afirma Paulo José Cardoso. chefe do serviço de oftalmologia do Hospital Cema de São Paulo. unidade especializada em olhos. nariz e garganta que realiza campanhas há quatro anos pelo uso dos óculos de sol. De acordo com os médicos. as cores das lentes não influem na proteção. podem apenas garantir uma sensação de conforto. O filtro. se a lente for de cristais. é feito de micropartículas. Em lentes acrílicas. é uma película. De acordo com Kara José. a neve. a água e a areia. nessa ordem. são as superfícies mais reflexivas. Daí a necessidade de maior cuidado. A neve reflete 85% dos raios ultravioleta. As lentes de contato com filtro. afirma. não oferecem proteção total. Outra dica: lentes que clareiam e escurecem de acordo com o ambiente podem perder o efeito. Poucos consultórios particulares e hospitais oferecem hoje uma aparelho que verifica se os óculos têm a proteção garantida no selo. A recomendação para evitar as falsificações é recorrer a boas óticas e boas marcas. "Recomendamos evitar a compra em camelôs". afirma o oftalmologista Milton Yogi. coordenador de campanha do Hospital Cema. Até o dia 22 de fevereiro é possível verificar de graça no hospital se os óculos de sol têm a proteção adequada. De acordo com Mello. da Unifesp. outro problema comum em óculos de sol de má qualidade são as aberrações das lentes. que obrigam o olho a estar constantemente buscando uma acomodação. São irregularidades que distorcem imagens e até a presença desavisada de grau. As consequências. pelo menos. não são graves: dores de cabeça. cansaço e desconforto.
Folha de S.Paulo

  • Seu nome

    Seu Comentário

    Seja o primeiro a comentar esta notícia, CLIQUE EM COMENTAR

Este Portal é um veículo de conteúdo, informação e divulgação sobre assuntos relacionados a oftalmologia (IMPRENSA), todo conteúdo veiculado é de responsabilidade de seus autores. NUNCA deixe de consultar o seu médico oftalmologista.
TEMAS
Portal DR. VISÃO - Todos os direitos reservados - ® 2000 - 2011