x Logo Dr. Visao

Dr. Visão

Guia To Go

07 h 29

Terça-feira, 25 Abril 2017

GUIA DE NOTÍCIAS

NOTÍCIA


01/09/2006

Hospital da PUC-Campinas realiza transplante de córnea

O Serviço de Oftalmologia do Hospital da PUC-Campinas voltou a  realizar hoje, 31 de agosto, o transplante de córnea pelo Sistema Único de Saúde (SUS) que estava parado desde 2002. A cirurgia que foi realizada das 8h10 às 9h, correu tudo bem com a paciente, uma senhora de 70 anos, que tinha menos de 6% da visão do olho esquerdo por uma descompensação da córnea após ter realizado uma cirurgia de catarata. Ela terá alta amanhã.
Há outras 20 pessoas aguardando transplante de córnea pelo Hospital da PUC-Campinas, todas cadastradas em uma lista de espera. Os transplantes acontecerão conforme as doações feitas ao Banco de Olhos de Sorocaba e respeitando a lista. Qualquer pessoa saudável pode ser doadora. Não há limite de idade e o uso de óculos não impede a doação.
Segundo o médico Robson dos Santos, responsável pelo Serviço de Oftalmologia, o transplante de córnea é atualmente uma cirurgia bastante segura e dura em média 45 minutos. “Embora a maioria dos pacientes tenha alta no mesmo dia, há cuidadoso acompanhamento até seis meses após a cirurgia", explica Santos.
O transplante se constitui em uma cirurgia na qual é trocada a porção central da córnea doente por uma córnea sadia doada. A nova córnea é fixada com um fio especial oftalmológico, com o auxílio de um microscópio cirúrgico. Só é indicado para problemas de córnea.
A cirurgia só é realizada em pessoas que têm a visão prejudicada. As causas para os problemas de vista irrecuperáveis são várias. “Pode ser por doenças adquiridas, defeitos de nascimento, infecções ou até por ferimentos acidentais ", observa Robson dos Santos.
No Brasil, são realizados cerca de 3 mil transplantes por ano. Este número é pequeno para os parâmetros internacionais, em virtude dos poucos doadores, apesar das constantes campanhas.
Serviço
O Serviço de Oftalmologia do Hospital da PUC-Campinas é composto por uma equipe de 11 oftalmologistas, sendo 7 médicos do serviço e 4 voluntários especializados em glaucoma, retina, segmento anterior, catarata, córnea, estrabismo, lente de contato, vias lacrimais, cirurgia plástica e reparadora das pálpebras. Também conta com 9 médicos residentes, e 4 enfermeiras. No serviço são realizadas cirurgias de todas as especialidades da oftalmologia: glaucoma, retina, catarata, estrabismo, vias lacrimais e outras.
O Hospital está localizado no Campus II (Avenida John Boyd Dunlop, s/n, Jardim Ipaussurama, em Campinas), onde também estão localizadas as seguintes faculdades da PUC-Campinas: Medicina, Ciências Biológicas, Fisioterapia, Terapia Ocupacional, Odontologia, Psicologia, Fonoaudiologia, Nutrição, Enfermagem e Ciências Farmacêuticas.
Mais informações sobre os cursos de graduação, pós-graduação e extensão da PUC-Campinas, bem como sobre seus serviços prestados à população, podem ser obtidas pelo portal www.puc-campinas.edu.br.

Assessoria de Imprensa da PUC-Campinas/Hospital Celso Pierro

  • Seu nome

    Seu Comentário

    Seja o primeiro a comentar esta notícia, CLIQUE EM COMENTAR

Este Portal é um veículo de conteúdo, informação e divulgação sobre assuntos relacionados a oftalmologia (IMPRENSA), todo conteúdo veiculado é de responsabilidade de seus autores. NUNCA deixe de consultar o seu médico oftalmologista.
TEMAS
Portal DR. VISÃO - Todos os direitos reservados - ® 2000 - 2011