x Logo Dr. Visao

Dr. Visão

Guia To Go

07 h 18

Quinta-feira, 23 Outubro 2014

GUIA DE NOTÍCIAS

NOTÍCIA


11/09/2006

Aumento da expectativa de vida da população amplia incidência de catarata

Durante a primeira reunião de 2006, em Genebra, a OMS apresentou o resultado de pesquisa realizada com o objetivo de apurar a taxa mundial de perda de visão.

A pesquisa revelou que mais de 161 milhões de pessoas no mundo têm visão reduzida, das quais 37 milhões são cegos. E mais: 75% dos casos de cegueira poderiam ter sido evitados. A catarata continua sendo a principal causa de perda da acuidade visual em todas as regiões do mundo, exceto nos países desenvolvidos.

Catarata

A catarata é uma doença que provoca o embaçamento da visão. Ela pode ser causada por vários motivos (congênito, trauma, diabetes, doenças sistêmicas, etc.), mas a principal causa é o envelhecimento natural do olho.

Após os 50 anos, o cristalino perde gradualmente sua transparência e capacidade de focalizar os objetos mantidos a uma distância normal de visão, obrigando a maioria das pessoas a usar óculos para leitura. Esse processo tem seqüência com a opacificação e endurecimento do cristalino - a catarata, uma das principais causas de cegueira tratável no mundo. Como não existe tratamento clínico, a catarata só pode ser tratada cirurgicamente, com a substituição do cristalino natural por uma lente intra-ocular.

 

Tratamento

Num passado não muito distante, catarata era sinônimo de suplício. Nossos avós tinham que aguardar o amadurecimento da catarata (quando ela fica totalmente dura e amarela) e, após a cirurgia e um longo período de recuperação, eram obrigados a usar óculos de graus altíssimos e lentes super grossas (óculos fundo de garrafa) para substituir o cristalino.

Hoje, a tecnologia de ponta desmistificou a cirurgia de catarata, transformando-a num procedimento cirúrgico seguro, rápido e indolor, minimamente invasivo, sem necessidade de internação e, na maioria das vezes, sem o uso de óculos. Equipamentos de última geração possibilitam a remoção de catarata com maior segurança, recuperação mais rápida e menor índice de complicações e as lentes intra-oculares, em suas diversas versões, adequadas às necessidades de cada paciente, fazem parte desse arsenal de modernidade e conforto.

Aumento da expectativa de vida

Em 2004, segundo o IBGE, a expectativa de vida do brasileiro subiu para 71,7 anos. O aumento da expectativa de vida permite prever um aumento considerável das doenças senis, entre elas a catarata, pois, a partir dos 60 anos de idade a probabilidade do desenvolver a doença aumenta significativamente. Acima dos 80 anos, cerca de 80% da população tem catarata.

 

Perfil

Dr. Lincoln Lemes Freitas é médico, graduado pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP-EPM) onde fez residência médica se especializando em oftalmologia.

Foi pós-graduando – nível mestrado no período de 1990 – 1992; período em que fez um post-doctoral fellowship na Universidade da Califórnia – San Francisco / Proctor Foundation. Defendeu tese de mestrado com o tema Etiologia em Uveítes, com estudo de 1415 pacientes.

Fez doutorado na área de catarata, e defendeu a tese em 1997 com o titulo - Estudo prospectivo comparativo de duas técnicas cirúrgicas de extração extra-capsular de catarata com implante de lente intra-ocular; incisão limbar e incisão tunelizada.

Desde a defesa da tese de doutorado vem se empenhando para o ensino e desenvolvimento científico na área de catarata.

Já realizou aproximadamente 30 mil cirurgias de catarata com experiência nacional e internacional em cursos com cirurgia ao vivo (já fez cirurgias ao vivo em oito paises diferentes), palestras e organização de cursos, simpósios e congressos.

É membro do Conselho Brasileiro de Oftalmologia, da Sociedade Brasileira de Oftalmologia, Sociedade Brasileira De Catarata e Implante Intra-ocular, Academia Americana de Oftalmologia, American Society of Cataract and Refractive Surgery e da European Society of Cataract and Refractive Surgery.

Como diretor do INCAT – Instituto da Catarata do Instituto da Visão da UNIFESP tem funções assistenciais, científicas, administrativas e didáticas.

É autor do livro “Cristalino e Catarata – Diagnóstico e Tratamento” (Livraria Santos Editora, 2004) e colaborador de outros livros. Também tem diversos artigos publicados em periódicos nacionais e internacionais.


Equipe Dr. Visão

  • Seu nome

    Seu Comentário

    Seja o primeiro a comentar esta notícia, CLIQUE EM COMENTAR

Este Portal é um veículo de conteúdo, informação e divulgação sobre assuntos relacionados a oftalmologia (IMPRENSA), todo conteúdo veiculado é de responsabilidade de seus autores. NUNCA deixe de consultar o seu médico oftalmologista.
TEMAS
Portal DR. VISÃO - Todos os direitos reservados - ® 2000 - 2011